Como Vêem Os Muçulmanos A Natureza Do Homem, O Sentido Da Vida E A Derradeira Vida?

No Sagrado Alcorão, Deus ensina que os seres humanos foram criados a fim de adorá-Lo, e que a base de toda a adoração verdadeira é a consciência sobre Deus. Uma vez que os ensinamentos do Islam rodeiam todos os aspectos de vida e ética, a consciência sobre Deus é incentivada em todos os assuntos humanos. O Islam torna claro que todas as acções são actos de adoração se forem feitos para Deus sozinho em conformidade com a Sua Lei Divina. Como tal, a adoração no Islam não se limita aos rituais religiosos. Os ensinamentos do Islam agem como uma misericórdia e uma cura para a alma humana, e tais qualidades como humildade, sinceridade, paciência e caridade são fortemente encorajadas. Além disso, o Islam condena orgulho e auto/própria-justiça, uma vez que Deus O Todo Poderoso é o Único Juiz da justiça humana.

O ponto de vista Islâmico sobre a natureza do homem é também realista e equilibrado. Os seres humanos não são inerentemente pecadores, mas são vistos como igualmente capazes do bem e do mal. O Islam ensina também que a fé e a acção estão de mãos dadas. Deus deu vontade livre ao homem, e a medida da fé de alguém é os seus actos e acções. No entanto, os seres humanos foram criados fracos e caiem regularmente em pecado. Esta é a natureza do ser humano, criado por Deus e a Sua Sabedoria, e não é inerentemente “corrupto” ou necessitado de reparação. Isto porque a avenida de arrependimento está sempre aberta a todos os seres humanos e Deus O Todo-Poderoso ama mais o pecador arrependido do que alguém que nunca peca.

O verdadeiro equilíbrio de uma vida Islâmica é estabelecido através de ter um temor saudável de Deus como também uma crença sincera na Sua Misericórdia infinita. Uma vida sem medo de Deus leva a pecar e desobediência, enquanto que acreditar que nós pecámos tanto que Deus possivelmente não nos vai perdoar só leva ao desespero. Na luz disto, o Islam ensina que: só os desviados desesperam da Misericórdia de seu Senhor.

Para além disto tudo, o Sagrado Alcorão, que foi revelado ao Profeta Muhammad, contém uma grande quantidade de ensinamentos sobre a Derradeira Vida e o Dia do Juízo. Devido a isto, os Muçulmanos acreditam que todos os seres humanos irão em última instância, ser julgados por Deus pelas suas crenças e acções durante as suas vidas mundanas.

A julgar os seres humanos, Deus O Todo-Poderoso será tanto Clemente e Justo, e as pessoas irão só de ser julgadas por aquilo que elas foram capazes de fazer.

Basta dizer que o Islam ensina que a vida é um teste e que todos os seres humanos serão responsáveis perante Deus. Uma crença sincera na Derradeira Vida é a chave fundamental para levar uma vida equilibrada com bom moral. Caso contrário, a vida é encarada como um fim em si mesmo, o que provoca os seres humanos serem mais egoístas, materialistas e imorais…

Fonte: SPubs.Com | NMM010003

Esta entrada foi publicada em Descubra O Islam. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *