Dia De São Valentim Ou Dia Dos Namorados

Pergunta: Em tempos recentes tem se espalhado a comemoração de ‘Eid al-Hubb (Dia Dos Namorados) – especialmente entre as estudantes femininas. E é um feriado (i.e. dia de festa) dos feriados dos Cristãos, e as roupas serão vestidos e sapatos completamente vermelhos, e eles trocam flores vermelhas uns com os outros.

Esperamos da sua eminência uma explicação sobre o veredicto (sentença/decisão) de celebrar este tipo de feriados. Qual é o seu conselho aos Muçulmanos em respeito a estes assuntos, que Allah lhe preserve e lhe proteja?

Resposta: Em Nome de Allah, o Misericordiosíssimo, o Doador de Misericórdia.

Wa ‘alaykum as-salaam wa rahmatullahi wa barakatuh.

Celebrar o Feriado do Amor (i.e. Dia dos Namorados) não é permitido devido a várias razões.

A primeira: É um feriado inovado que não tem base nenhuma na Shari’ah.

A Segunda: (Este dia) chama para desejo e paixão (cega).

A Terceira: (Este dia) chama para a ocupação do coração com assuntos de estes tipos que são triviais e em oposição à orientação dos Antecessores Piedosos (As-Salaf as-Salih), que Allah esteja satisfeito com eles.

Portanto não é permitido introduzir neste dia (i.e. Dia de São Valentim ou Dia dos Namorados) qualquer coisa dos aspectos da celebração de um feriado, seja isso comida, ou bebidas, ou roupas ou a troca de presentes, ou outra coisa do que isto.

É incumbente sobre o Muçulmano de ser distinto e nobre com a sua religião, e que ele não seja uma pessoa sem carácter que segue todos os que gritam.

Eu peço a Allah, O Altíssimo, para proteger os Muçulmanos de todos os testes, sejam (eles) aparentes ou ocultos deles, e que Ele guarde sobre nós com o Seu cuidado e o Seu auxílio.

Escrito por Muhammad Saalih Al-‘Uthaymin no dia 5/11/1420 Hijri.

Shaykh Muhammad bin Saalih al-‘Uthaymin

Fonte Árabe: Majmu’ Rasaa’il wa Fataawa Ash-Shaykh Muhammad bin Saalih Al-‘Uthaymin
Traduzido de: http://www.fatwaislam.com/
Publicado em: http://www.salafitalk.net/ – Traduzido para Inglês por Aqeel Walker

Esta entrada foi publicada em Inovações. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *