Ditos Detalhados Dos Imaams Dos Salaf Relativos À Verdadeira Crença Shi’ah

“A posição dos juristas no que diz respeito àquele (a alguém) que insulte os Sahaabah, acreditando que tal acto é permitido, é que ele cometeu um acto de incredulidade. Se ele os insultar mas não acredita que insultar (os Sahaabah) seja permitido, então ele é culpado de imoralidade, e não incredulidade.”

[1] Imaam ash-Shaafi’i

Em uma ocasião, ash-Shaafi’i disse sobre os Shi’ah, “Eu não vi entre os hereges uma pessoa mais famosa pela sua falsidade do que os Raafidi Shi’ah.” [1] Em outra ocasião ele disse, “Narra conhecimento de todos os que conheças excepto os Raafidi Shi’ah, porque eles inventam Hadiths e adoptam-nas como parte de sua religião.” [2]

[2] ‘Abdullaah Ibnul-Mubaarak

Ibnul-Mubaarak foi relatado de ter dito, “A religião é obtida a partir dos Ahlul-Hadith, teologia escolar e isenções enganosas de decretos religiosos de Ahlur-Ra’yi (as pessoas de opinião) e mentiras (são obtidas) dos Raafidi Shi’ah.“[3]

[3] Al-Qaadi Abu Ya’laa

“A posição dos juristas no que diz respeito àquele (a alguém) que insulte os Sahaabah, acreditando que tal acto é permitido, é que ele cometeu um acto de incredulidade. Se ele os insultar mas não acredita que insultar (os Sahaabah) seja permitido, então ele é culpado de imoralidade, e não incredulidade.” [4]

[4] Ibn Hazm al-Andalusi

Um dia durante o período do estado Muçulmano em Espanha, o Imaam Abu Muhammad Ibn Hazm estava tendo um debate com alguns sacerdotes Católicos Espanhóis sobre os seus textos religiosos. Ele trouxe-lhes provas de distorções textuais na Bíblia e da perda de manuscritos originais. Quando eles responderam apontando-lhe (que) afirmações Xiitas também estão distorcidas, Ibn Hazm informou-os que “Os Shi’ah não podem ser usados como evidência contra o Qur’aan ou contra Muçulmanos porque eles próprios não são Muçulmanos.” [5]

[5] Muhibbud-Din al-Khatib

Este estudioso escreveu um livro sobre eles chamado: Khututul-’Aridah lil-Usullati Qaama ‘Alayhaa Dinish-Shi’ah al-Ithnaa ‘Ashriyyah (lit. (Foras de) Linhas Grandes da base para a Crença Décima Segunda dos Shi’ah. Ele também notou trabalhos anteriores sobre os Shi’ah como Al-Muntaqaa e ‘Awaasim minal-Qawaasim. Em todos os seus trabalhos ele considerou os Shi’ah como incrédulos.

Notas:

[1] Relatado por Shaykhul-Islaam Ibn Taymiyyah em Minhaajus-Sunnatin-Nabawiyyah (1/39).
[2] Minhaajus-Sunnatin-Nabawiyyah (p. 38).
[3] Relatado por Imaam Adh-Dhahabi em al-Muntaqaa min Minhaajil-I’tidaal (p. 480).
[4] Relatado por Shaykhul-Islaam Ibn Taymiyyah em as-Sawaarimul-Maslul (p. 569).
[5] Relatado por Ibn al-Hazm em Fisaal fil-Milal wan-Nihaal (2/78) e (4/182).

Fonte: Troid.Org

Esta entrada foi publicada em Raafidah / Shi'ah. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *