Dizer Dhikr Colectivamente Como É Feito Nas Ordens Sufis É Um Acto De Bid’ah

Pergunta: Por favor dê-nos a sua Fatwa em respeito a um grupo de pessoas que se senta em círculos em Masjids (Mesquitas) em que eles observam relembrança de Allah (Exaltado é Ele) e o Seu Mensageiro. Por vezes no Dhikr (relembrança de Allah) deles, eles dizem coisas que são contrárias a Tawhid (Unicidade de Allah). Um exemplo do que eles dizem é: “Ajude-nos, Ó Mensageiro de Allah!” Eles repetem estas palavras enquanto o líder deles diz: “Ó, tu (o Profeta) és a chave dos tesouros de Allah. Tu és a Ka’bah da aparência de Allah. Tu és o trono do nivelamento de Allah e Ó tu és a cadeira da descendência de Allah! Abasteça-nos, Ó Mensageiro de Allah. Ó amado de Allah! Tu és o destinado! És tu, Ó Mensageiro de Allah,” e outras palavras similares de Shirk (associar outros em adoração com Allah).

Resposta: Primeiro que tudo, Dhikr (relembrança de Allah) colectivamente como é feito pelas ordens Sufis é um acto de Bid’ah (inovação rejeitada na religião. Foi afirmado que o Mensageiro de Allah (paz esteja com ele) disse: “Aquele que faça alguma coisa neste assunto nosso (a religião) que não é dele, terá isso rejeitado.” (Nota tradutor: Transmitido por al-Bukhaari e Muslim)

Segundo, invocar outros além de Allah (Exaltado é Ele) e procurar a ajuda deles para aliviar angústia ou dor é um acto de Shirk grande, que é proibido porque invocar e procurar ajuda é um acto de adoração que deve ser dedicado somente a Allah Sozinho. Portanto, dedicar a adoração de uma pessoa a outro além de Allah (Exaltado é Ele) é um acto de Shirk grande que torna um pessoa incrédula. Allah (Exaltado é Ele) diz: “E não invoqueis, além de Allah, o que não te beneficia nem te prejudica. Então se o fizeres, por certo, será, nesse caso, dos injustos. | E, se Allah te toca com um infortúnio, não existirá quem o remova senão Ele; e, se Ele te deseja um bem, não existirá revogador de Seu favor. Com este, Ele alcança a quem quer de Seus servos. E Ele é O Perdoador, O Misericordiador.” [Surah Yunus (10): 106 e 107]

Allah (Exaltado é Ele) diz também: “As mesquitas são de Allah: então, não invoqueis, com Allah, a ninguém.” [Surah al-Jinn (72): 18] Allah (Exaltado seja Ele) diz também “E quem invoca, com Allah, outro deus, do qual não tem provança alguma, seu ajuste de contas será, apenas, junto de seu Senhor. Por certo, os renegadores da Fé não serão bem-aventurados.” [Surah Al-Mu’minun (23): 117] e outras Ayahs (versos Alcorânicos) indicando a obrigação de dedicar adoração somente a Allah Sozinho. Foi afirmado em um Hadith que o Profeta (paz esteja com ele) disse: “Se pedires, pede somente a Allah Sozinho, e se procurares ajuda, procura-a somente de Allah Sozinho…”. Ele (paz esteja com ele disse também: “Du’a (suplicação) é adoração.”

Que Allah nos garanta sucesso! Que a paz e as bênçãos estejam sobre o Profeta Muhammad, sua família e seus Companheiros!

O Comité Permanente para Investigação Erudita e Ifta’

Membro: ‘Abdullah ibn Qa’ud
Membro: Shaykh ‘Abdullah ibn Ghudayyan
Deputado presidente: Shaykh ‘Abdul-Razzaq ‘Afify
Presidente: Shaykh ‘Abdul-‘Aziz ibn ‘Abdullah ibn Baz

Fonte: Alifta.Com | Fatwas do Comité Permanente, O Primeiro Grupo, Volume 1 (‘Aqidah 1) – Fatwa No. 5034

Esta entrada foi publicada em Sufismo. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *