Esta Vida De Decepção

Ibn al-Qayyim (rahimahullah) disse em “al-Fawaa’id” –

Esta vida mundana é como uma mulher indecente (incasta, impura), que não está satisfeita com um marido. Está portanto satisfeito com o que Allah te concede desta vida mundana.

Andar nela (ou seja, sobre a vida mundana) é como andar em uma terra que está cheia de bestas, e água formada de crocodilos. Aquilo que causa prazer, passa a ser a fonte de sofrimento. A dor é encontrada no meio de prazeres, e delícias são derivadas das suas tristezas. Como um pássaro vê o trigo, assim percebe a visão de uma pessoa o politeísmo, enquanto desejos pretenciosos tornam o seu proprietário cego. Foram dados anseios (desejos ardentes) em abundância aos seres humanos, mas aqueles que acreditaram no invisível afastaram-se deles! Enquanto que aqueles que seguem os seus anseios foram causados a lamentarem-se.

A primeira categoria, são aqueles, sobre os quais Allah diz, que significa: “Esses estão em orientação de seu Senhor. E esses são os bem-aventurados.” [Al-Baqarah , 2:5]

No entanto, a outra categoria, são aqueles para os quais Allah diz, que significa: “Ó incréus, comei e gozai um pouco, por certo, sois Mujrimun (politeístas, incrédulos, pecadores, criminosos, etc.)!” [Al-Mursalat, 77:46]

Quando os bem-sucedidos estão conscientes da realidade desta vida mundana estando certos da inferioridade do seu degrau, eles superam os seus desejos vãos por causa da Vida Depois da Morte (Derradeira Vida). Eles foram despertados da sua negligência de lembrarem-se o que os seus inimigos tiraram deles durante o período de inutilidade. Quando eles perceberem a longa viagem que têm que cumprir, eles lembram-se da sua finalidade, e assim parece fácil para eles. Sempre que a vida se torna amarga, eles lembram-se do verso, em que Allah diz, que significa: “Este é o vosso dia, que vos foi prometido.” [Al-Anbiya, 21:103]

Retirado e traduzido do livro “Al-Fawa’id” – “A Collection Of Wise Sayings” (Página 71 da versão digitalizada do livro, Primeira Edição 1425 A.H./2004 – © Umm Al-Qura for Translation, Publishing & Distribution | I.S.B.N. 977-599-799-2 |)

Esta entrada foi publicada em Targhib E Tarhib. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *