Ibn al-Qayyim: Tâmaras São Um Fruto Nutritivo

Tâmaras estão disponíveis em abundância por todo o mundo Islâmico, e historicamente têm sido um dos principais ingredientes em dietas de muitas pessoas. Portanto, não é surpreendente que Ibn al-Qayyim, o grande estudioso, tenha mencionado muitos benefícios de saúde das tâmaras na sua obra “A Medicina Profética”. Ele descreveu os benefícios de comer tâmaras nos seus estágios diferentes de maturação, desde verdes, frescas (maduras), até secas.

Tâmaras secas (tamr)

Ibn al-Qayyim disse que tâmaras secas eram um dos frutos mais nutritivos para o corpo, e podiam reforçar o fígado e aclarar uma dor de garganta. Ele disse também que elas eram especialmente benéficas quando consumidas com pinhões. Ele mencionou que para aqueles que não estão acostumados a comer tâmaras – como aqueles que viviam em países frios, elas podiam causar efeitos negativos como dor de de cabeça, obstruções e prejudicar os dentes, mas comê-las com amêndoas ou papoula poderia reduzir esses efeitos.

Ibn al-Qayyim classificou tâmaras secas como uma fruta, comida, remédio, bebida.

Tâmaras frescas (rutab)

Ibn al-Qayyim disse que tâmaras frescas eram nutritivas e enriquecedoras para o corpo, ele mencionou o hadith Profético em que o Mensageiro (sallalaahu ‘alayhi wa sallam) costumava quebrar o jejum com algumas tâmaras frescas, antes de ele orar; se não houvesse nenhumas, então com tâmaras secas (tamarat). Se não houvesse nenhuma dessas então ele tomaria um copo de água. [Ibn Hanbal, Musnad III. 164]

Tâmaras não fertilizadas verdes (busr)

Ibn al-Qayyim disse que as melhores das tâmaras verdes eram doces, e alguns dos benefícios que ele mencionou foram para a gengiva, boca e o estômago. No entanto, ele disse que o consumo excessivo destas tâmaras e de balah, podiam causar obstruções intestinais.

Tâmaras fertilizadas verdes (balah)

Ibn al-Qayyim disse que estas tâmaras tinham menos nutrientes do que as tâmaras maduras e que não eram saudáveis para os pulmões e o peito, mas tinham alguns benefícios para a boca, gengiva e para o estômago. Ele disse que comer tâmaras frescas e maduras juntas era benéfico já que os efeitos equilibravam umas às outras.

Tâmaras ‘Ajwa (tâmaras pressionadas)

O Mensageiro (sallallaahu ‘alayhi wa sallam) disse, “Tâmaras ‘Ajwa são do paraíso.” [Tirmidhi, 2068]

Ibn al-Qayyim disse que as tâmaras ‘Ajwa referem-se aqui aquelas encontradas em Medina, e é “um tipo nobre, compacto, firme de espessura, forte, entre as mais macias, melhores e mais deliciosas das tâmaras.”

Ele também mencionou os seguintes Ahadith Proféticos sobre tâmaras ‘Ajwa:

O Mensageiro (sallallaahu ‘alayhi wa sallam) disse, “Quem comer sete tâmaras ‘Ajwa todas as manhãs não será prejudicado nesse dia por veneno ou magia.” [Sahih al-Bukhaari (5445) (5768) (5769) (5779)].

Referindo-se ao comer sete tâmaras ‘Ajwa, o Mensageiro (sallallaahu ‘alayhi wa sallam) disse: “Ele não será prejudicado por qualquer coisa até ele chegar à noite.” [Sahih Muslim (2047]

Fatos de tâmaras

As tâmaras são uma boa fonte de fibras, e açúcares naturais como glicose, frutose e sacarose.

Tâmaras são também uma das melhores fontes naturais de potássio. Potássio é um mineral essencial necessário para manter a contração muscular, incluindo o músculo cardíaco vital, e para manter um sistema nervoso saudável e para equilibrar o metabolismo do corpo. Uma vez que o potássio não armazenado no corpo, e muito é perdido na transpiração, deve ser constantemente reabastecido.

De acordo com pesquisadores da Universidade de Scranton, na Pensilvânia, as tâmaras têm a maior concentração de polifenóis (um grupo de produtos químicos com propriedades antioxidantes), entre os frutos secos.

Tâmaras contêm também uma variedade de vitaminas do complexo B – tiamina, riboflavina, niacina, vitamina B6 e ácido pantoténico (vitamina B5). Estas vitaminas têm uma variedade de funções que ajudam a manter um corpo saudável – para metabolizados carboidratos e manter os níveis sanguíneos de glicose, ácidos graxos para energia e elas ajudam a criar hemoglobina, os glóbulos vermelhos e brancos.

Dicas ao comer tâmaras

Tâmaras frescas devem ser firmes e elásticas, e devem ter um cheiro fresco, não azedo. Elas podem ser mantidas no frigorífico em sacos plásticos, por várias semanas.

Tâmaras secas devem ser firmes mas não duras. Tâmaras frescas mantêm-se (boas para consumo) até um ano, em local refrigerado.

O conteúdo ácido nicotínico (niacina) nas tâmaras tornam-nas um remédio excelente para distúrbios intestinais.

Visto que as tâmaras são digeridas facilmente, elas podem ser usadas para fornecer energia rápida.

Fonte: http://www.healthymuslim.com/articles/qsswx-ibn-al-dates-are-a-nourishing-fruit.cfm

Esta entrada foi publicada em Muçulmano Saudável. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *